Um Adeus Temporário + História de terror

ai merda, quebrei uma unha :#

Oi amadores de Lembranças!
Tudo bom? Espero que sim.
Como esta no titulo, eu vim dar adeus por enquanto, ficarei em jejum de Daniel, são 21 dias sem internet, TV, musica, etc.
espero que me entendam >< depois vou voltar, ficarei postando só nesse blog (clique aqui).

Bom, agora querem ler minha história de terror?
Nossa história começa com uma menina, cabelos longos e loiros, presos com uma trança, olhos azuiz (nem claros nem escuros) e com oito anos, chamavasse Isabel. 
Isabel gostava de brincar com três meninos ( Pedro, Alex e Henrique) em uma casa abandonada, que precisava ser demolida. 
Porem, a ultima vez que ela foi pra lá, algo estranho aconteceu, ela estava brincando com eles até que se depara só. 
- Pedro - ela grita. 
Ninguem responde.
 - Alex, Henrique - Ela continua gritando
 Eles não aparecem.
 Ela se sente só. Se senta no chão, aparece uma menina, aparentando a mesma idade.
 - Oi, você viu três meninos? - pergunta Isabel
- Estamos só nós duas aqui - responde a menina
 Isabel não queria fazer amizade, então só responde:
 - Hm... 
A menina se aproxima, logo começa a dar voltas em Isabel.
 - Você é tão linda - Diz a menina - Queria ser você, nessa casa é tão solitario.
 - Você não pode morar aqui, nunca te vi.
 - Eu moro aqui, mas por pouco tempo.
 - Vai se mudar?
 - Vou.
 - Pra onde?
 - Vou para sua casa, usar suas roupas, comer sua comida, pentiar seu cabelo, vou ser você
. - Você não pode ser eu - diz Isabel levantando do chão.
 - Posso sim, olha como eu posso.
 A menina se aproxima e some, Isabel sente algo a empurrando, ela cai de cara no chão e desmaia
. - Bell, acorda Bell - diz Pedro.
 Isabel acorda.
 - Aonde você tava? - pergunta Isabel.
 - Do seu lado, não sai daqui, os meninos estao la fora, esperando a gente.
 - Você me deixou sozinha!
 - não sai daqui, você tava brincando comigo, ai tropeçou, mas não sai daqui - diz Pedro - Claro qua saiu, ai apareceu uma...
 Ela pensa um pouco.
 - Cadê a menina? - pergunta Isabel 
- Que menina Bell??
 - A menina que tava aqui agora 
- Ai Isabel - ele caçoa - ja entendi, você caiu, bateu a cabeça e agora esta vendo coisas, vamos pra casa.
 Depois daquele dia, Bell nunca mais quis ir para aquela casa, algo não queria que ela fosse.
Anos se passam, Isabel casa e tem dois filhos, o mais velho, Daniel, ou Dan, como é chamado, tem 13 anos e não é muito facil de lidar. A mais nova, Elizabetty, ou Eliza, tem 7 anos, ama livros, embora não os leia muito bem e é idêntica a mãe.
 Após o incidente da casa, Isabel pegou uma mania, toda a noite ela ia ver o céu antes de dormir.
Porem um dia algo aconteceu,depiois de uma discussão com seu filho ela foi dormir e ninguem sabe ao certo como, quando ela acordou, havia sangue por toda a casa, uma faca em sua mão, e o pior seu filho morto, na sala de estar, ela chama e policia e chorando e gritando acorda seu marido.
A policia chega e começa a pericia, Isabel não entendia como Dan havia morrido, estava preocupada com Eliza.
 No outro dia, ela acaba contando para Eliza sobre seu irmão, Eliza acha que foi a mãe que cometeu o crime, e briga com a mãe, no outro dia, a mesma coisa aconteceu com Eliza, ela não entendia como, mas estava apavorada, perder os dois filhos assim...
 A próxima era ela, bom, era o que ela achava... Era de noite, seu marido havia ido dormir, ela estava olhando o ceu, decidiu ir escovar os dentes depois de olhar pela janela, coisa que ela nunca fazia (não nessa ordem), ela se olha no espelho, porem não vê sua imagem, ve aquela menina, a que ela encontrou muitos anos atras, na casa mal assombrada, Isabel se apavora, quebra o espelho e a partir dai, a menina começa a comandar a sua mente.
 - Você não deveria ter se olhado no espelho, não deveria, agora você verá seu marido morrer, sim foi você que matou seus filhinhos, e agora, é a vez do seu marido. - disse a menina na mente de Isabel.
Isabel não controla mais seu corpo, pega uma arma, que estava no escritório, e mata seu marido, logo depois a si mesma.
Agora ja havia outra casa para se assombrar, outra familia destruida...

FIM

Bom, é isso, espero que tenham gostado, comentem
Beijos, quantos precisar.

3 comentários:

  1. Nossa! Amei! Foi vc que escreveu? Muito bom parabéns! Quando vai ser o próximo?

    ResponderExcluir
  2. Olá, Seguindo o blog, adorei.


    (Comente e Siga-me)
    http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

    ResponderExcluir
  3. bem eu realmente estou a procura de uma postadora, e claro que te dou uma chance, me manda o email que vc usa na conta do google, primeiro vou te mandar um email, explicando como organizo as postagens, enfim as Regrinhas basicas!

    ResponderExcluir

QUER COMENTAR? Vou adorar ler e responder seu comentário... Mas antes, leia isso:

- Fale palavrões se quiser, são apenas modos de expressão
- Sem ofensa.
- Sem xingamento.
- Sem "to seguindo, segue de volta"
- Fale sobre o post.
- Deixe seu link. (opcional)

Se você não seguir essas regras, seu comentário não aparecerá aqui e não retribuirei a visita.

VOU RETRIBUIR A VISITA DE TODOS QUE SEGUIREM ESSAS REGRAS.

Obrigada...
Atenciosamente,
A garota que lê e responde os comentários (que por sinal é a mesma que posta nesse blog)